06/02 – Os vereadores itauneses realizaram duas sessões nesta terça feira (5). Na primeira reunião, esta extraordinária, que estava convocada para as 18:00 horas, tinha como pauta: Única discussão e votação do Projeto de Decreto Legislativo nº 01/19 – que rejeita o Veto parcial aposto pelo Executivo Municipal ao Projeto de Lei nº 30/19 – que estima a receita e fixa a despesa do Município de Itaú de Minas para o exercício financeiro de 2019. 

Depois de aprovado por 4 votos favoráveis a 2 contra o pedido de urgência máxima para a matéria, o projeto de lei 01/19   foi colocado em única discussão e votação, e aprovado por 4 a 2.

Assim o presidente do legislativo itauense Mateus Vilela encerrou a sessão e já anunciando a sessão ordinária que estava convocada para as 19:00 horas.

A reunião ordinária tinha como ordem do dia, Leitura e deliberação da DENÚNCIA apresentada pelo cidadão Mackson Antônio da Silva em desfavor ao Prefeito Municipal de Itaú de Minas, Sr. Ronilton Gomes Cintra, tendo por objeto: “COMETIMENTO DE INFRAÇÃO POLÍTICO ADMINISTRATIVA”, conforme disposto no Decreto 201/67. Depois de lida a denuncia, o denunciante Macksonm teve a palavra por 5 minutos, logo após aconteceu a discussão por parte dos vereadores e a votação, onde o Requerimento de abertura de processo de cassação foi rejeitado por 5 votos a favor e 3 contrários, já que para que o requerimento fosse aceito era necessário um resultado favorável de 2/3, o que não aconteceu.