10/07 – Alguns servidores da rede estadual de Educação paralisaram as atividades desde ontem (9), informou o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUTE-MG). De acordo com a entidade, a categoria só deve voltar ao trabalho depois que a primeira parcela dos salários dos servidores que estão na ativa seja paga integralmente.

 

Em Passos, pelo menos uma escola aderiu à paralisação, a Deus Universo e Virtude, que fica no bairro Nossa Senhora Aparecida. Professores de outras unidades também cogitam a possibilidade de aderiram à greve.

 

O sindicato condiciona a normalização no trabalho dos servidores da Educação com o pagamento integral da primeira parcela dos salários da ativa.

 

Em Itaú de Minas, continuam as aulas na Escola Estadual Ary Pimenta Bugeli. Conforme nossa reportagem apurou, somente dois servidores não compareceram hoje (10) ao trabalho. Em reunião com os servidores daquela escola, a maioria, optou em continuar os trabalhos normalmente, pelo menos, até sexta-feira (13), quando se encerra o primeiro semestre letivo e também é quando o Governo de Minas prometeu depositar os salários.

Fonte: Folha da Manhã – Redação