05/09 – Pelo segundo mês consecutivo, os preços do leite recuaram em Minas Gerais. De acordo com os dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), no Estado foi verificada queda de 3,05% no valor líquido praticado em agosto referente à produção captada em julho.

 

Entretanto, a queda, segundo o levantamento, se deve à pressão da indústria, que não estava conseguindo repassar o custo mais elevado para o consumidor final.

 

Em relação ao preço bruto, em Minas Gerais, foi verificada retração de 2,93% em agosto, com o litro de leite negociado, na média bruta, a R$ 1,56.

 

Assim como em Minas Gerais, os preços do leite recebido por produtores na média Brasil também registraram queda.

 

Os pesquisadores do Cepea explicam que o cenário de queda está atrelado à pressão das indústrias, que tiveram as margens reduzidas no primeiro semestre. Sendo por conta dos altos preços da matéria-prima e das fracas negociações dos lácteos.

 

Em Minas Gerais, onde se concentra o maior volume negociado no mercado spot, a média de agosto (R$ 1,55 por litro) ficou 16% maior que a de julho, em termos reais. Esse cenário pode atenuar o movimento de queda em setembro ou até mesmo gerar condições de estabilidade.

Fonte: Folha da Manhã

COMPARTILHAR
Artigo anteriorResidência é furtada no Bairro Acácias
Próximo artigoIncêndios aumentaram 27% na região
Avatar
O Portal de Notícias de Itaú de Minas. Além das notícias da cidade atualizadas diariamente, o site oferece mural de recados, sua opinião aos fatos e acontecimentos e a cobertura total nos acontecimentos esportivos da cidade, com a divulgação de tabelas, resultados e a transmissão dos eventos futebolísticos, como a participação em campeonatos a nível municipal e regional, com a equipe Toque de Bola.