11/01 – Na noite desta quinta-feira (10), a Polícia Militar em Itaú de Minas recebeu denúncias de que algumas pessoas estariam comercializando drogas numa residência no Bairro Universitário.

Por volta das 20h10, durante o patrulhamento pela Avenida Liberdade, nas proximidades da Praça Adelaide Lobato, os militares abordaram um veículo VW/Parati, onde estavam quatro pessoas, sendo três homens, de 25, 33 e 37 anos, e uma mulher, de 23 anos.

No carro não foi encontrado nada de ilícito, porém, ao realizar as buscas pessoais, havia uma bolsa infantil, cor rosa, com a mulher. Nessa bolsa, foram localizadas duas pedras grandes de substância similar ao crack e uma bucha de substância similar à maconha.

A mulher disse que o material não era dela e o homem, de 33 anos, assumiu que a droga era de sua propriedade.

Diante dos fatos e das denúncias recebidas anteriormente, a PM foi até uma casa, no Bairro Universitário, para averiguar se havia mais produtos ilícitos. No local foram encontrados vários saquinhos de sacolé, comumente utilizados para embalar drogas, além de duas lâminas de barbear, geralmente utilizadas para separar drogas. Foram apreendidos também um anel de cor dourada, certa quantia em dinheiro e dois aparelhos celulares.

Todos os envolvidos são moradores de Itaú de Minas, com exceção do homem de 37 anos, que é morador de São João Batista do Glória. Esse homem é paralítico e, devido à dificuldade de sua locomoção, ele foi liberado.

Já os outros dois homens e a mulher foram presos em flagrante e encaminhados à delegacia de polícia, juntamente com os materiais apreendidos. O veículo foi removido ao pátio credenciado, haja vista que o seu último licenciamento era do ano 2017.