01/02 – O CAR (Cadastro Ambiental Rural) fechou o ano com mais de 829 mil hectares da região inseridos em sua base de dados. Com esse total, a soma de imóveis rurais declarados ultrapassou a marca de 22 mil propriedades.

A inscrição no CAR é obrigatória para todos os imóveis rurais e também é o primeiro passo para obtenção da regularidade ambiental da propriedade. O registro coleta os dados do proprietário, possuidor rural ou responsável direto pelo imóvel rural, além de informações sobre os documentos de comprovação de propriedade e/ou posse e referências do perímetro do imóvel, das áreas de interesse social e das áreas de utilidade pública, tal como a informação da localização dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Preservação Permanente (APPs), de uso restrito, das reservas legais etc.

Entre vinte cidades da região, Carmo do Rio Claro é a que possui o maior número de imóveis rurais cadastrados. Ao todo, são 2.434 terrenos, o que indica mais de 72 mil hectares voltados ao setor rural. Logo em seguida, Passos tem 2.433 propriedades e também p maior território rural, com mais de 108 mil hectares.

Já Itaú de Minas possui 301 imóveis rurais cadastrados, o que corresponde a uma área de quase 11 mil hectares.

Neste ano, a inscrição no CAR passou a ser condição obrigatória e pode ser exigida em transações comerciais e bancárias, como o acesso ao crédito rural e ao seguro agrícola. Fonte: Folha da Manhã