09/08 – O município de Itaú de Minas apareceu em sexto lugar no Esforço Orçamentário em atividades da Saúde na participação dos gastos apresentados nas prestações de contas anuais dos municípios ao Tribunal de Contas de Minas Gerais no ano de 2015.

Os dados fazem parte do Mapa Social do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) lançado nesta terça-feira (7) pelo Gabinete de Segurança e Inteligência do Ministério Público de Minas Gerais.

O Mapa Social é uma ferramenta digital que reúne indicadores nas áreas de Educação, Saúde e Segurança Pública dos 853 municípios mineiros e oferece um Panorama da realidade socioeconômica e demográfica de Minas em cada uma das cidades.

Os dados são referentes ao ano de 2015 e ao esforço orçamentário para gastos nas atividades da Saúde nas subfunções: atenção básica, assistência hospitalar e ambulatorial, suporte profilático e terapêutico, vigilância sanitária, vigilância epidemiológica e alimentação e nutrição.

Nas cidades da região, os melhores índices nessa área foram apresentados pela cidade de São Sebastião do Paraíso, em primeiro lugar no Estado, com 48,8%, seguida de Alpinópolis com 35,9% e a 20ª estadual.

Na sequência estão São Tomás de Aquino com 35,5% e 24º no Estado; Cássia com 34,4% e a 31ª posição estadual; e Carmo do Rio Claro, com 33,4% e 42º lugar no Estado.

Itaú de Minas ficou em 6º lugar na região, com índice de 32,8%, ocupando a posição de número 51 no Estado.

Passos ficou com 28%, no posicionamento de nº 178 a nível estadual. O último lugar do Estado ficou o município de Delfinópolis.

Todos os dados tabulados foram extraídos das estações de contas anuais apresentadas por esses municípios ao Tribunal de Contas e são referentes ao ano de 2015. Os bancos de dados são públicos e podem ser acessados pelo site mapasocial.mpmg.mp.br

Fonte: Folha da Manhã