21/02 – Está marcada para este sábado (22), a partida final da Copa Regional Itaú de Futebol, competição promovida pela empresa HG Eventos Esportivos, em parceira com o Setor Municipal de Esportes da Prefeitura de Itaú de Minas.

 

Os dois finalistas são de Passos: São Jorge x Portuguesa. A final está agendada para começar às 15h30, no Estádio Municipal Engenheiro Jorge Oliva. Em caso de empate, o campeão será conhecido após cobranças de pênaltis.

 

Antes da final, acontece o 1º Desafio de Futebol, entre Itaú de Minas x Itamogi. Nesta preliminar, quem representará Itaú de Minas serão os times do Itaú Atlético Clube; já Itamogi será represntado pelas equipes do São Cristóvão.

 

13h30 – Sub-13 – Itaú A.C. x São Cristóvão

14h30 – Sub-15 – Itaú A.C. x São Cristóvão

 

Edimilson, presidente do Itaú A.C., disse que todos os garotos da equipe terão oportunidade de jogarem nessas partidas e que o time Sub-13 não treinou; os garotos foram reunidos e todos jogarão, como forma de incentivá-los.

 

Falando agora da final, às 15h30, entre São Jorge x Portuguesa.

 

O técnico José Messias, do São Jorge, relacionou para a partida decisiva os jogadores: Lucas, Zulu, Bizunga, Boro, Itamar, Dênis, Turkão, Caio, Flavinho Banana, Maikin, Dione, Denin, Muel, Nininho, Serginho, Dioninha, Tom, Robinho, Cebinho, Danilo, Dum, Marcelinho e Badjula. A comissão técnica é formada por Vim (auxiliar técnico) e Olinto (presidente).

 

A lista da Portuguesa divulgada pelo treinador Ary é essa: Vitão, Jefinho, Magrão, Espeto, Matheuzinho, Pedrão, João Rafael, João Torremo, Edmar, Frango, Robinho, Mancha, Adirley, André Marmota, Sílvio Maranhão, Cristiano Zóio, Paulo, Zé Antônio, Pacheco, Iuri Massado, Gabiru, Alison Cabral, Wilinha, Thiago Belarmino e Flanken. Auxiliar técnico Bozó; e presidente Thiago.

 

A Portuguesa chega à final de forma invicta, com três vitórias e dois empates, enquanto o São Jorge teve uma derrota em seis jogos.

 

A Copa Regional Itaú começou no dia 17 de novembro do ano passado e, até aqui, teve 27 jogos, com 96 gols, média de 3,555 gols por partida.