14/05 – Na madrugada desta terça-feira (14), por volta das 2h10, a Polícia Militar realizava operação Batida Policial na cidade de Itaú de Minas, quando recebeu informação sobre um indivíduo que estaria traficando drogas numa chácara, nas proximidades do Bairro Santo Antônio.

 

Conforme consta no registro da ocorrência, chegando no local para verificar a situação, os policiais viram o suspeito, um homem de 36 anos, encostado numa cerca, fazendo uso do telefone celular. O suspeito foi abordado e, no bolso da frente de sua bermuda, a PM localizou uma pedra de substância análoga a crack.

 

Ao realizar varredura pelo local, foram encontradas mais três pedras da mesma substância e, num tipo de curral de animais, mais quatro tabletes de substância aparentando ser maconha.

 

No momento em que a equipe policial estava realizando buscas no local, chegou um homem, em uma motocicleta, o qual, ao avistar as viaturas, tentou fazer uma manobra e voltar, porém, foi perseguido e alcançado, sendo que, no bolso desse motociclista havia uma pedra de substância análoga a crack.

 

Esse homem, também de 36 anos, disse ser usuário de drogas e negou envolvimento com o tráfico. Já o homem que estava no local quando a PM chegou, disse que o material era para seu consumo próprio e que há muito tempo não mais trafica, porém assumiu pertencer a uma facção criminosa.

 

Segundo a polícia, o suspeito utiliza das redes sociais, especialmente um aplicativo de troca de mensagens, para fazer suas negociações de tráfico, utilizando também motofretistas para fazer o transporte do material.

 

Diante dos fatos, os dois homens, ambos com passagens por tráfico de drogas, foram presos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil de plantão, juntamente com o material apreendido.