09/08 – Os vereadores de Itaú de Minas reuniram-se em sessão ordinária e extraordinária, na noite desta quarta-feira (7), no plenário da Câmara Municipal. Nas duas sessões estava ausente o vereador Donizetti Antônio de Amorim e, na extraordinária, não estavam Davi Oliveira de Sousa e Gilmar dos Santos Chaves.

 

Na pauta da sessão ordinária, foi apresentado um ofício do Executivo, comunicando que o município recebeu, do Ministério do Esporte, o valor de R$ 50.775,19, para ser utilizado na implantação e modernização de infraestrutura para esporte educacional, recreativo e de lazer.

 

Foram apresentadas três indicações, de autoria dos vereadores Davi Dousa e Roberto Gonçalves Vieira.

 

Em votação, foram aprovados, por unanimidade, dois Requerimentos e uma Moção. O Requerimento nº 63/19, de autoria do vereador Davi, requer do Executivo Municipal uma melhor resposta quanto ao Requerimento nº 52/19, que solicitou informações sobre valores de contas de energia elétrica de estabelecimentos de ensino.

 

Já o Requerimento nº 64/19, é de autoria do vereador e presidente da Casa, Matheus Vilela Silva, que requer do Executivo Municipal informações a respeito da terceirização das viagens da área da saúde. Matheus também é o autor da Moção nº 09/19, que é uma Moção de Aplausos à equipe de Capoeira Bonfim pela brilhante participação na 1ª Copa Passos de Capoeira, que aconteceu no mês de julho. Na ocasião, a Capoeira Bonfim se destacou mais uma vez de forma honrosa, conquistando várias medalhas e o primeiro lugar geral por equipes, com os seguintes atletas: Categoria especial: Alessandra Verônica: ouro; Categoria combate: José Alex: prata; Cataiana Maria: prata (feminino); Wanderson: prata (infantil); João Vítor: ouro (infantil); Federico: bronze (infantil); Vinício Procópio: prata (infantil); Almir Mota: prata (adulto); Negassa: ouro (professor); Contra mestre Kan: prata (regional) e bronze (no jogo Banguela).

 

Ainda na sessão ordinária, o Projeto de Lei Complementar nº 03/19, que institui a revisão do Plano Diretor e revoga a Lei Complementar nº 31/2010, teve pedido de vista feito pelo vereador Oberdan Faria.

 

Na sessão extraordinária, a votação seria de duas emendas à Lei Orgânica, porém houve pedidos de vista. Na matéria de Proposta de Emenda a Lei Orgânica nº 01, que trata de nepotismo cruzado nos poderes públicos municipais, o pedido de vista foi feito pelo vereador Oberdan Faria. Já a Proposta de Emenda a Lei Orgânica nº 02, que trata de convocação de secretários municipais ou ocupantes de cargos na mesma natureza pela Câmara Municipal, teve pedido de vista do vereador Oberdan Faria, acompanhado pelo vereador Roberto Gonçalves Vieira.